Telefones (51) 3228 0959 | (51) 3228 5413

Endereço:

Rua dos Andradas, 1727, sala 85 | Centro Histórico | Porto Alegre/RS

Glaucoma é uma doença ocular que causa lesão do nervo óptico, tem caráter progressivo, levando à perda de campo visual e ao risco de cegueira, caso não seja diagnosticado e tratado a tempo. Cerca de 80% dos casos não apresentam sintomas no início da doença. Diversos fatores de risco estão associados, como idade, etnia, diabetes, hereditariedade e doenças secundárias. Há direta relação com a elevação da pressão intraocular (PIO), embora, em alguns casos, a doença possa se manifestar mesmo com pressão normal. O diagnóstico é obtido através da medição da PIO, além do exame detalhado do nervo óptico, do campo visual, da gonioscopia e demais exames que possam ser necessários. O objetivo do tratamento é reduzir a pressão intraocular. Para a maioria dos casos, o tratamento é clínico, ou seja, através do uso de colírios. No entanto, nos casos mais avançados, pode ser necessário realizar algum procedimento cirúrgico. Hoje existem diversos tratamentos disponíveis para tratar o glaucoma, entre eles estão os procedimentos a Laser, como a atual trabeculoplastia seletiva, as modernas cirurgias minimamente invasivas, as cirurgias fistulizantes e os implantes valvulares. O fundamental é manter uma rotina de consultas, dessa forma, o diagnóstico é feito precocemente e a pressão intraocular passa a ser monitorada e tratada de acordo com o diagnóstico, diminuindo o risco de perda visual irreversível.

Glaucoma